Glomerulonefrite

glomerulonefrite

Quais as causas da glomerulonefrite?

A glomerulonefrite ocorre isoladamente ou como parte de outra doença, como lúpus ou diabetes. Inflamação grave ou prolongada associada à glomerulonefrite pode danificar os rins, no geral. 1. Sintomas da glomerulonefrite

Qual o prognóstico da glomerulonefrite rapidamente progressiva?

O prognóstico das pessoas afetadas com glomerulonefrite rapidamente progressiva depende da seriedade da cicatrização glomerular e do fato de a doença subjacente ser curável ou não, como no caso de uma infecção.

Quais são os diferentes tipos de distúrbios renais da glomerulonefrite aguda?

Em algumas crianças e adultos que não se recuperam por completo da glomerulonefrite aguda, aparecem outros tipos de distúrbios renais, como a síndrome de hematúria e proteinúria assintomática ou síndrome nefrótica . Outras pessoas com glomerulonefrite aguda, especialmente adultos mais idosos, frequentemente desenvolvem glomerulonefrite crônica.

Quais são as doenças glomerulares que podem causar síndrome nefrítica e nefrótica?

Nefropatia por IgA (pode causar síndrome nefrítica e/ou nefrótica). Cada uma das doenças glomerulares citadas anteriormente tem quadro clínico, prognóstico e tratamento distintos. Por isso, o diagnóstico do tipo de lesão do glomérulo e o reconhecimento da presença ou não de doença sistêmica associada é vital para o tratamento.

Qual é a diferença entre glomerulonefrite e glomerulopatia?

O termo glomerulonefrite não serve para designar todas as doenças dos glomérulos, ele deve ser empregado apenas quando há sinais de inflamação glomerular. O mais correto é dizer glomerulopatias ou doenças glomerulares. A glomerulonefrite é apenas um tipo de glomerulopatia. Essa diferença será explicada com mais detalhes ao longo do texto.

Quais são as causas de glomerulonefrites secundárias?

As secundárias não se originam primariamente no glomérulo, mas estão associadas a doenças, como hipertensão arterial, diabetes , lúpus eritematoso, hepatites B e C, infecção pelo HIV, ou, ainda, por alguns medicamentos. As causas mais frequentes, porém, são diabetes mellitus e hipertensão arterial sistêmica.

Quais são as causas hereditárias da glomerulonefrite?

Entre as causas hereditárias podemos citar doença de Alport e Fabry. As glomerulopatias agudas iniciam a sintomatologia de maneira abrupta enquanto as crônicas são de maneira insidiosa. A glomerulonefrite pode se manifestar como Síndrome nefrítica ou Síndrome nefrótica.

Como diagnosticar uma glomerulonefrite?

As glomerulonefrites primárias podem ser assintomáticas, o que retarda o diagnóstico e o início do tratamento. Quando aparecem, os sintomas variam muito de um paciente para o outro. Entre eles merecem destaque: pressão alta (hipertensão arterial), edema nos olhos e/ou nas pernas, aumento de peso por causa da retenção de líquidos, ...

Quais são as glomerulonefrites agudas?

As glomerulonefrites agudas constituem um grupo de doenças caracterizadas clinicamente pelo início abrupto de edema, hipertensão, hematúria e proteinúria. Histologicamente, caracterizam-se por uma reação inflamatória intraglomerular e proliferação celular, podendo levar à disfunção renal em graus variáveis.

Quais são as causas hereditárias da glomerulonefrite?

Entre as causas hereditárias podemos citar doença de Alport e Fabry. As glomerulopatias agudas iniciam a sintomatologia de maneira abrupta enquanto as crônicas são de maneira insidiosa. A glomerulonefrite pode se manifestar como Síndrome nefrítica ou Síndrome nefrótica.

Como diagnosticar uma glomerulonefrite?

As glomerulonefrites primárias podem ser assintomáticas, o que retarda o diagnóstico e o início do tratamento. Quando aparecem, os sintomas variam muito de um paciente para o outro. Entre eles merecem destaque: pressão alta (hipertensão arterial), edema nos olhos e/ou nas pernas, aumento de peso por causa da retenção de líquidos, ...

Qual o prognóstico da glomerulonefrite rapidamente progressiva?

O prognóstico das pessoas afetadas com glomerulonefrite rapidamente progressiva depende da seriedade da cicatrização glomerular e do fato de a doença subjacente ser curável ou não, como no caso de uma infecção.

Postagens relacionadas: