E-fatura portal

e-fatura portal

Quem pode corrigir a fatura do e-fatura?

A recomendação do Ministério das Finanças é que guarde sempre as faturas originais em papel até confirmar que os dados inseridos no E-Fatura estão certos. Isso permite-lhe dar conta de eventuais discrepâncias entre os dados que estão online e a informação que consta do documento em papel, de forma a poder corrigir faturas e repor a verdade fiscal.

Como proceder ao registo da fatura?

Nestes casos, é necessário proceder ao seu registo manualmente. Após aceder ao portal E-Fatura, deve ser escolhida a opção Faturas, seguida de Consumidor e, finalmente, Registar Faturas. Posteriormente, é necessário acrescentar o NIF do comerciante, data de emissão, tipo e número da fatura, total e taxa de IVA aplicável.

Como registrar faturas no e-fatura?

Para conseguir registar faturas é necessário, em primeiro lugar, aceder ao portal online E-fatura. Posteriormente, selecionar Menu, seguido da opção Consumidor, para depois se proceder à autenticação.

Como saber se uma fatura foi comunicada?

Após concluir este passo, surge no ecrã um quadro resumo com as faturas já registadas com o respetivo Número de Identificação Fiscal. No caso de se querer saber se determinada fatura foi comunicada, bem como quem procedeu à sua comunicação, é possível selecionar Verificar Faturas.

Quais são os elementos que devem constar de uma fatura?

O primeiro ponto no que diz respeito às faturas é que elas devem ser datadas e numeradas sequencialmente. Depois existem aspetos que não são obrigatórios e que pode usar apenas se se adequarem ao seu negócio, e outros que o são. Os elementos que devem sempre constar de uma fatura são os seguintes:

Quem pode corrigir a fatura do e-fatura?

A recomendação do Ministério das Finanças é que guarde sempre as faturas originais em papel até confirmar que os dados inseridos no E-Fatura estão certos. Isso permite-lhe dar conta de eventuais discrepâncias entre os dados que estão online e a informação que consta do documento em papel, de forma a poder corrigir faturas e repor a verdade fiscal.

Quanto tempo deve guardar as faturas?

Pelo menos até confirmar que as despesas estão todas validadas e que foram bem inseridas no e-fatura. No entanto, caso tenha de registar uma fatura que não tenha sido comunicada pelo comerciante (ver pergunta 4), fica obrigado a conservar a fatura por um período de quatro anos, para mostrar à AT, caso seja solicitado.

Como saber se a fatura é emitida?

Como consultar faturas? Entre na página do e-fatura, coloque o cursor do rato por cima de “Despesas dedutíveis em IRS”, clique em “Consumidor” e insira a senha de acesso.

Como registrar faturas no e-fatura?

Tenha consigo a fatura em papel, aceda ao e-fatura, consulte o menu “Faturas”, clique em “Registar faturas” e insira a informação solicitada. Veja aqui como registar faturas, passo a passo.

Como faço para registar minha fatura?

Após aceder ao portal E-Fatura, deve ser escolhida a opção Faturas, seguida de Consumidor e, finalmente, Registar Faturas. Posteriormente, é necessário acrescentar o NIF do comerciante, data de emissão, tipo e número da fatura, total e taxa de IVA aplicável.

Como recuperar a fatura de uma empresa?

Caso já não se lembre qual a atividade da empresa em que realizou a despesa, procure na fatura em papel. Se já não a tiver em sua posse, faça uma pesquisa num motor de busca pela designação comercial ou morada da empresa. Após ter validado todas as faturas, clique em “Guardar”.

Como saber se a fatura é emitida?

Como consultar faturas? Entre na página do e-fatura, coloque o cursor do rato por cima de “Despesas dedutíveis em IRS”, clique em “Consumidor” e insira a senha de acesso.

Como consultar faturas? Entre na página do e-fatura, coloque o cursor do rato por cima de “Despesas dedutíveis em IRS”, clique em “Consumidor” e insira a senha de acesso.

O que acontece se a fatura ainda não foi comunicada à Autoridade Tributária?

Postagens relacionadas: