Coeficientes de desvalorização da moeda 2021

coeficientes de desvalorização da moeda 2021

Quando é a atualização do coeficiente de desvalorização da moeda?

Procede à atualização dos coeficientes de desvalorização da moeda a aplicar aos bens e direitos alienados durante o ano de 2021 Sumário: Procede à atualização dos coeficientes de desvalorização da moeda a aplicar aos bens e direitos alienados durante o ano de 2021.

Quais são os coeficientes de desvalorização?

Os coeficientes de desvalorização da moeda aplicam-se àqueles bens e direitos cujo valor deva ser atualizado para efeitos do artigo 47.º do Código do IRC (Correcção Monetária das Mais-valias e das Menos-valias) e 50.º do Código do IRS (Correção Monetária).

Quais as novidades do orçamento do Estado para 2022?

A proposta do Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) trouxe várias novidades em matéria de IRS. Uma delas diz respeito às mudanças nos escalões de rendimento anual sujeito a este imposto, prevendo o desdobramento do 3.º e 6.º escalões de IRS. E outra prende-se com a dedução de IRS no segundo filho que vai passar dos três para os seis anos.

Quais as mudanças no orçamento do Estado para 2022?

Esta será a nova configuração da tabela de IRS a vigorar em 2022: O primeiro escalão irá até 7 116 euros de rendimento coletável, com uma taxa de 14,5%. O segundo escalão abrangerá os rendimentos coletáveis de 7 116 euros até 10 736 euros, que serão taxados a 23%.

Quais são as medidas fiscais previstas no OGE 2022?

Determinados produtos previstos na Tabela Anexo I da Lei que aprova o OGE 2022 passam a ser tributados às taxas de 5% e 7%. Na passagem do regime simplificado para o regime geral, possibilidade de dedução do IVA suportado com as mercadorias destinadas à venda, adquiridas nos 12 meses anteriores àquela passagem, mediante autorização da AGT.

O que acontecerá com o imposto de renda em 2022?

Em 2022, haverá mais dois escalões de rendimento coletável (e respetivas taxas), em resultado dos desdobramentos dos 3.º e 6.º escalões. Passarão assim a existir nove escalões, em vez dos atuais sete. Além disso, a proposta de Orçamento do Estado para 2022 contempla ligeiros ajustes nos valores dos limites dos escalões.

Quando entra em vigor o orçamento suplementar?

Entra em vigor a 1 de janeiro de 2022. Em situações que exijam uma reorganização das contas do Estado pode ser feito um Orçamento Suplementar. Foi o que aconteceu em 2020, quando, devido ao impacto da pandemia, foi necessário implementar novas medidas de apoio às famílias e à economia.

Postagens relacionadas: