Amigdalite

amigdalite

Como evitar a amigdalite?

Para evitar a amigdalite, além de evitar o contato direto com saliva e secreções infectadas, recomenda-se não fumar e evitar ambientes com ventilador ou ar-condicionado, pois deixam as mucosas secas e reduzem a resistência das amígdalas.

O que fazer quando a amigdalite é crônica?

Se os antibióticos não forem eficazes, a amigdalite for crônica ou muito frequente, a amigdalectomia é o último recurso. A amigdalite frequente ocorre quando a pessoa sofre com infecções várias vezes durante um período de três anos. Os médicos realizam a amigdalectomia para remover as duas amídalas na parte de trás da garganta.

Como reduzir a dor da amigdalite?

Você poderá criar uma mistura relaxante para reduzir a dor da amigdalite. Combine 1 colher de chá com limonada, 1 colher de chá com canela, 1 colher de sopa com mel e 1 colher de sopa com vinagre de maçã.

Como são transmitidas as amigdalites?

As amigdalites são transmitidas pelo contato direto ou inalação de saliva ou secreções nasais de pessoas infectadas com os vírus e bactérias causadores da infecção.

Qual o tratamento para amigdalite?

Porém, na maioria dos casos o médico pode recomendar o uso de remédios para baixar a febre e aliviar a dor de garganta, como o paracetamol, por exemplo.

Como desconfiar de amigdalite?

Ao desconfiar de amigdalite, é importante ir ao otorrinolaringologista ou até ir direto ao pronto-socorro para que seja feito um diagnóstico de sua condição. Com um cotonete, o material da garganta será coletado para ser avaliado. [7]

Quais são os sintomas da amigdalite bacteriana?

Contudo, se os sintomas persistirem três dias após iniciar o tratamento, será melhor consultar o seu médico. Caso se trate de uma amigdalite bacteriana, é necessária uma maior vigilância, uma vez que a mesma se carateriza por febre alta e pus visível, as tais placas brancas, na zona das amígdalas.

Quais os benefícios do óleo de amigdalite?

Assim, este óleo pode ser um forte aliado no tratamento da amigdalite, já que vai ajudar a reduzir a inflamação e aliviar a dor, além de eliminar o excesso de vírus e bactérias que possam estar causando a infecção.

Amigdalite é contagiosa? A amigdalite é um processo contagioso, ou seja, que se transmite ou se “pega” de pessoa para pessoa. A doença é transmissível através da tosse, espirros ou através da transmissão de gotas de saliva.

Como curar amigdalite crônica?

Como tratar a amigdalite?

Retire tudo que possa causar irritação nas amídalas. É importante minimizar a presença de aspectos que possam piorar a amigdalite, como ar seco, produtos de limpeza ou fumaça de cigarro. [4] Além disso, use um umidificador para deixar o ar do ambiente mais molhado. Experimente chupar pastilhas. [5]

Quais são as principais preocupações com a amigdalite?

A maior preocupação com a amigdalite é quando ela é causada pela bactéria estreptocócica do grupo A. Nesse caso, será necessário fazer um tratamento médico com antibióticos, já que não realizá-lo pode levar a complicações perigosas no futuro. Geralmente, procurar tratamento médico prontamente resolve a infecção sem maiores complicações.

Como reduzir a inflamação das amígdalas?

O vinagre irá ajudar a reduzir a inflamação das amígdalas. Outro medicamento com vinagre de maçã consiste em umedecer um pano ou toalha com meia xícara do vinagre aquecido, feito isso a coloque em torno do pescoço e deixe até que fique seca. Este remédio natural irá ajudar a desinchar a amígdalas.

Quais os benefícios do óleo de amigdalite?

Assim, este óleo pode ser um forte aliado no tratamento da amigdalite, já que vai ajudar a reduzir a inflamação e aliviar a dor, além de eliminar o excesso de vírus e bactérias que possam estar causando a infecção.

Postagens relacionadas: