Bens penhorados das finanças

bens penhorados das finanças

O que é a penhora de bens?

A penhora de bens é a forma que os credores têm de garantir que a dívida vai ser paga, seja através da venda dos bens do executado ou pela retenção de parte do seu salário, pensão ou outro tipo de abono. A penhora de bens nem sempre incide apenas sobre a pessoa que contraiu a dívida.

Como funciona a venda de bens penhorados?

A venda dos bens penhorados destina-se não só a pagar a dívida, mas também as custas do processo. Penhora de bens: quando e como acontece A penhora de bens acontece quando o credor não consegue cobrar a dívida e decide recorrer à justiça para que esse pagamento seja feito, recorrendo ao património da pessoa que contraiu a dívida.

Quais são os rendimentos penhoráveis?

Entre os rendimentos penhoráveis encontram-se vários tipos, e existem algumas exclusões dependendo da situação concreta do executado. A penhora do vencimento é a mais comum, mas como tal a lei concede algumas salvaguardas para o executado. O valor do vencimento que pode ser alvo da penhora não pode exceder um terço.

Quais são os bens impenhoráveis?

Campas, túmulos e jazigos - este tipo de bens são considerados impenhoráveis e como tal não podem ser executados. Bens de utilidade médica - bens que são utilizados para o tratamento de pacientes, não poderão sem exceção ser alvo de penhora. Ainda assim existem alguns bens, que podem ou não ser impenhoráveis dependendo da situação concreta.

Quem tem direito a penhora de bens?

A penhora de bens será, assim, quase um último recurso para que o montante de uma dívida seja recuperado. As penhoras podem ser feitas por um credor privado, pessoa singular ou coletiva, no âmbito de um processo executivo.

O que é a penhora e para que serve?

Para que os bens sejam penhorados, o credor precisa entrar com ação na Justiça e, se o juiz aceitar o pedido, o devedor é acionado para que quite a dívida dentro de um prazo estabelecido. Caso ele não cumpra o pedido no período determinado, o juiz pode solicitar a ordem de penhora.

Como funciona a venda de bens penhorados?

A venda dos bens penhorados destina-se não só a pagar a dívida, mas também as custas do processo. Penhora de bens: quando e como acontece A penhora de bens acontece quando o credor não consegue cobrar a dívida e decide recorrer à justiça para que esse pagamento seja feito, recorrendo ao património da pessoa que contraiu a dívida.

Quais os direitos que a penhora deve observar?

A penhora observará, preferencialmente, a seguinte ordem: XII - direitos aquisitivos derivados de promessa de compra e venda e de alienação fiduciária em garantia; XIII - outros direitos”. Mesmo com a ordem estipulada pelo Novo Código de Processo Civil, o artigo 835 afirma que preferencialmente essa será a ordem adotada.

Que oferta há nos bens penhorados? A oferta de bens penhorados é imensa. É possível encontrarmos à venda todo o tipo de bens, tais como carros, casas, participações sociais em sociedades, roupas, sapatos, material informático, entre tantas outras coisas. Num momento de penhora, todos os bens que tiverem valor poderão servir para vender.

Por que as finanças têm vindo a penhorar bens?

Qual é o valor do salário que é penhorado?

O valor do salário que é penhorado abrange horas extraordinárias, subsídios de férias e subsídios de refeições, assim como qualquer bônus que o trabalhador receba. O máximo que pode ser penhorado é um terço do valor líquido, que o trabalhador receba.

Quais são as penhoras de vencimentos?

Ora, as penhoras de vencimentos são apenas um dos muitos tipos de penhoras que existem. Com efeito, para além deste existem ainda a penhora de bens, penhora de contas bancárias, etc...

Qual o valor máximo que pode ser penhorado?

O máximo que pode ser penhorado é um terço do valor líquido, que o trabalhador receba. A entidade patronal é notificada da decisão de penhora, e o valor da penhora é feito antes de o trabalhador receber o salário.

Como funciona a venda de bens penhorados?

A venda dos bens penhorados destina-se não só a pagar a dívida, mas também as custas do processo. Penhora de bens: quando e como acontece A penhora de bens acontece quando o credor não consegue cobrar a dívida e decide recorrer à justiça para que esse pagamento seja feito, recorrendo ao património da pessoa que contraiu a dívida.

Postagens relacionadas: